Fabrizzio Facundo
As vezes minha vida é um sonho! as vezes um pesadelo. Ouço uma voz. sinto um toque em meu ombro e fico sem saber onde estou. Engraçado as coisa acontecendo em meu redor como um show em um palco com marionetes. As vezes paro em mim mesmo dou um breque na vida e me questiono. Sonho e pesadelo são a mesma coisa. Sonho tem como verbo Sonhar e pesadelo é pesadelar? Aparecem-me risos internos e logo volto ao questionamento.
Pesadelo é o mesmo que sonho, porem um sonho ruim. Quem de nós nunca teve um sonho ruim? Constantemente me vejo na malha fina e imperceptível da mente onde o tempo jamais passa. Ação. Motivação. Interação. Coisas assim precisamos diariamente pra poder surpreender os sonhos com a realidade e de sonhador passar a ser uma pessoa concretizada. O complicado é quando nesse meio tempo de transição entre o sonho e o concreto vir de um lugar estranho o que temos como pesadelo. Medo. Fraqueza. Incerteza. A voz que ouço e o toque que sinto são tudo o que compete ao meu favor. Tudo o que tenho que fazer é me virar e seguir mudando o caminho que sigo. Mudança. Capacidade. Força. É o que busco. E só um caminho me leva a este estado de Concretização cabe somente a mim mesmo encontra-lo.
| edit post
Reações: 
0 Responses

Postar um comentário