Fabrizzio Facundo

Nas noites percorro os caminhos dos sonhos em busca do que no tempo foi perdido, a pureza da criança, a canção de ninar, o beijo dos meus pais despedindo de mim e me entregando ao meu anjo da guarda pra me velar enquanto eles domem. Viajo nas canções antigas compostas com sentimentos verdadeiros e emoções vividas em um momento qualquer de felicidade ou até mesmo de tristeza. No caminho do sonho posso voltar a ser o que eu era em um tempo quase perdido, só não perdido devido à lembrança que ainda existe no meu consciente, lembrança que ainda persiste em não querer sumir deixando talvez um lugar que não sei se pode ser preenchido alguma vez mais. Nas noites a fio estou. O sono se esvai e a realidade retorna, me deixando na saudosa vontade de mais uma vez adormecer e assim reaparecer aquilo que um dia ficou no passado. Muitos dizem que querem que tudo evolua já eu digo que não. Quero voltar ao meu tempo de criança, das brincadeiras na rua, a minha escola primaria, aos amigos que ficaram escritos nas páginas da minha história. “Isso me faz sentir vivo.” Ter cada coisa passada em minhas mãos para jamais poder esquecer.
| edit post
Reações: 
2 Responses
  1. kally Says:

    Ameii!
    Me fez relenbrar tb o meu passado que foi td de bom jejeje
    vlew nino q bom q voltou a escrever ! continui...


  2. lalinha Says:

    Nossa muito lindo,"forte ao mesmo tempo"
    Cada vez melhor!
    Ass:Thyalla


Postar um comentário